Restituição atrasada do IR deve sair na quarta-feira

Os contribuintes que iriam receber sua restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) nesta segunda-feira terão de esperar mais um pouco, possivelmente até quarta, devido a um erro do Serpro, empresa estatal de informática responsável pelo processamento das declarações. A Receita Federal divulgou nota no sábado informando sobre o erro. Neste primeiro lote residual, do qual fazem parte contribuintes que haviam caído na malha fina, mas já tiveram as declarações liberadas, seriam pagas 116.381 restituições. Com o reprocessamento, em torno de 4 mil restituições, incluídas indevidamente, serão retiradas e aguardarão o processamento dos próximos lotes residuais. No ano passado, um total de 746.035 contribuintes ficaram na malha.A Receita informou que as restituições serão liberadas no máximo até a próxima quarta-feira, quando os bancos já terão recebido a listagem correta com as restituições que devem ser pagas.A lista com os contribuintes incluídos no lote suspenso - disponível para consulta no site da Receita ou pelo telefone 0300-78-0300 desde o último dia 8 - também está sendo corrigida. A lista correta será divulgada até a quarta-feira, segundo informa a Receita.É a segunda vez que, por erro do Serpro, os contribuintes se vêem frustrados na expectativa de receber a restituição. Em outubro passado, 105 mil contribuintes foram incluídos por engano no lote pago aquele mês, mas só viram o dinheiro em novembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.