Restoque e Inbrands não chegam a acordo e encerram tentativa de combinar negócios

Restoque e Inbrands não chegam a acordo e encerram tentativa de combinar negócios

A Restoque tem entre as marcas Le Lis Blanc, Dudalina e Rosa Chá, a Inbrands tem a Ellus, Richards e Alexandre Herchcovitch

Reuters

25 de agosto de 2016 | 12h13

SÃO PAULO - As redes de varejo de moda de alto padrão Restoque e Inbrands anunciaram nesta quinta-feira, 25 que encerraram sem acordo conversas para uma fusão que poderia criar uma das maiores companhias do setor no país.

As discussões foram encerradas pois "não foram alcançadas condições mutuamente aceitas entre as partes", afirmaram as companhias em comunicado conjunto ao mercado. As empresas não divulgaram as condições exigidas para a continuidade do negócio.

As empresas tinham informado no início de junho acordo preliminar para início da negociação, que tinha como objetivo trazer aos grupos "uma série de ganhos de sinergia", além de diversificação de perfil de clientes.

Em 2015, a receita bruta de vendas da Restoque foi de R$ 1,67 bilhão, enquanto a da InBrands foi de R$ 1,15 bilhão. A Restoque, que tem entre as marcas Le Lis Blanc, Dudalina e Rosa Chá, tinha então 328 lojas próprias e 24 franquias. Enquanto isso, a Inbrands tinha 197 lojas e 178 franquias com marcas como Ellus, Richards e Alexandre Herchcovitch.

Após o anúncio do fracasso na tentativa de fusão, as ações da Restoque mostravam alta de 3,6%, a 4,35%. O papel não está no Ibovespa, que tinha variação positiva de 0,09% às 10h35.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.