Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Restrição à Varig superlota vôos da Gol para Argentina

Voar para Buenos Aires pela Gol só será possível a partir do dia 17 de setembro. A superlotação foi causada pela proibição de vôos da Varig para a cidade, determinada pelo governo argentino na quinta-feira. A TAM, que desde a semana passada tem aceitado bilhetes endossados da Varig para Buenos Aires, abriu um vôo extra a partir de São Paulo para cobrir a demanda adicional. O motivo da proibição teria sido irregularidades com seguros de aviões e funcionários que trabalham ao mesmo tempo para a Gol e a Varig (comprada pela Gol em março). Sindicatos receiam demissões porque passagens da Varig estariam sendo usadas na Gol. A Varig informou que vinha operando na Argentina por meio de uma autorização provisória, pois não recebeu a permissão definitiva do governo local, solicitada em 18 de dezembro de 2006. A operação para Buenos Aires estava em nome da Varig antiga, que está em recuperação judicial. ?Ressaltamos que a autorização até agora não foi concedida por razões absolutamente fora do contexto do acordo bilateral Brasil-Argentina?, informou a Gol. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.