Resultado da conta externa reduz vulnerabilidade, diz Palocci

O ministro da Fazenda, Antonio Palocci, em discurso a empresários e investidores no evento "Brasil e Parceiros - Oportunidades de Investimento", disse que o Brasil está no começo de um bom ciclo de expansão da atividade econômica e recuperação do emprego. Segundo o ministro, o bom desempenho das contas externas, em particular o saldo crescente da balança comercial, o superávit em conta corrente e a redução da dívida pública atrelada ao dólar, torna o País muito menos vulnerável a choques externos.Ele acrescentou que o impacto modesto da alta do preço do petróleo e da expectativa da alta de juro nos EUA sobre os indicadores macroeconômicos no Brasil reflete a melhora nos fundamentos da economia brasileira. Palocci ressaltou ainda que, além disso, o Brasil está crescendo. "O Brasil cresce há quatro trimestres consecutivos e acumula alta de 3,7% desde o segundo trimestre de 2003", afirmou.DestaquesO ministro destacou o forte desempenho da produção de bens de capital que teve crescimento de 21% no primeiro quadrimestre deste ano, em comparação com igual período de 2003. "Isso indica que a economia está realmente no início de um ciclo de expansão", afirmou.Também ressaltou o desempenho da produção de bens duráveis nesse mesmo período. "As vendas no comércio varejista no País estão crescendo de forma consistente, em todos os meses deste ano, mostrando recuperação do consumo doméstico", disse.Segundo Palocci, quando se compara os primeiros quatro meses de 2004 com igual período de 2003, se observa taxas crescentes de expansão, acima de 6%, acumulando no quadrimestre alta de 8% nas vendas, comparativamente ao período de janeiro a abril de 2003. Ele citou ainda a situação favorável dos recursos agrícolas dado as condições de preço dos produtos e do financiamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.