carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Resultado de contas externas em março não surpreendem BC

O chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Tulio Maciel, avaliou nesta sexta-feira, 25, que os resultados das contas externas de março ficaram próximos ao esperado, sendo inferior aos déficits apurados de fevereiro deste ano e março do ano passado. "Em doze meses, esse déficit caiu. No trimestre ficou muito próximo do mesmo período do ano passado", afirmou.

EDUARDO RODRIGUES E VICTOR MARTINS, Agencia Estado

25 de abril de 2014 | 11h29

Ainda assim, o déficit de transações correntes foi recorde no primeiro trimestre de 2014. Para Maciel, a reação lenta da balança comercial do primeiro trimestre fez o déficit aumentar nessa comparação. "O resultado comercial ficou abaixo do esperado nesse período em função dos preços desfavoráveis de produtos importantes da nossa pauta, que estão em patamar relativamente baixo, em especial os produtos agrícolas. A gente espera melhora da balança comercial ao longo do ano, porque os preços estão melhorando na margem", acrescentou.

Maciel destacou ainda uma mudança na conta de serviços, com destaque para os gastos com viagens internacionais. "Os gastos vinham crescendo de maneira expressiva em 2013, mas o primeiro trimestre de 2014 mostrou estabilidade em relação ao mesmo período de 2013", disse o economista. Segundo ele, a mudança está relacionada à alta do câmbio. "O dólar mais alto desestimula essas viagens, isso influencia mais do que o crescimento da massa salarial", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
BCtransações correntesmarço

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.