coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Resultado do PIB mostra crescimento vigoroso, diz Meirelles

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, afirmou nesta sexta-feira que a taxa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre do ano, de 1,4% ante o trimestre anterior, mostra que o País está "em um momento de crescimento vigoroso de sua economia". Meirelles destacou nesse sentido que é preciso evitar comparações com os indicadores de PIB trimestral de outros países que divulgam essa taxa de forma anualizada. "Se anualizássemos essa taxa do primeiro trimestre, o crescimento do PIB seria de 5,7%", ilustrou. Meirelles destacou ainda que esse processo de crescimento é hoje liderado pela demanda interna, o que, segundo ele, traz mais solidez a este processo do que o padrão de crescimento puxado pela demanda externa, como ocorreu em 2003 e 2004. Nesse crescimento, segundo ele, "destacam-se o aumento da renda e do crédito". Questionado sobre a volatilidade do cenário externo, Meirelles afirmou que o Brasil é hoje uma economia significativamente menos vulnerável aos choques externos do que no passado. E, ao ser indagado sobre o peso dessa mudança no cenário internacional na decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), respondeu: "aguardem a ata". A ata da última reunião do Copom, que decidiu reduzir a Selic de 15,75% para 15,25% ao ano, será divulgada na próxima quinta-feira.Como de praxe, o presidente do BC ilustrou com números essa redução da vulnerabilidade externa e a sustentação do crescimento econômico em palestra realizada no evento de comemoração dos 50 anos do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC).

Agencia Estado,

02 de junho de 2006 | 15h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.