Resultado operacional do Real e empresas ABN Amro sobe 41%

O resultado operacional alcançado no ano de 2003 pelo Banco Real e empresas ABN AMRO no Brasil foi 41% maior que o registrado no mesmo período de 2002, atingindo R$ 1.577 bilhão. Se desconsiderados os efeitos do Banco Sudameris, cuja aquisição foi completada no fim do mês de outubro, o resultado operacional registra um crescimento de 39% e um valor total de R$ 1.558 bilhão. O lucro líquido foi de R$ 1.137 bilhão, 5,9% inferior aos R$ 1.208 bilhão registrados em 2002. Essa redução se deve basicamente à desvalorização do dólar que afetou a posição de hedge (investimentos no exterior) causando um aumento na linha de impostos. A rentabilidade sobre o Patrimônio Líquido no ano foi de 16,6% a.a..O ABN AMRO acredita no potencial de crescimento da economia brasileira e tem como principal estratégia o crescimento das operações de crédito e do resultado operacional como principal gerador de valor de longo prazo em sua operação brasileira, informou a assessoria do ABN AMRO.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.