Resultados das eleições não importam para Petrobras, diz Gros

O presidente da Petrobras, Francisco Gros, disse hoje a um grupo de empresários argentinos e brasileiros que os resultados das eleições no Brasil não têm importância para a companhia. "Do ponto de vista da Petrobras, não me parece fundamental, nem mesmo importante, quem ganhe as eleições. A Petrobras é uma empresa pública com 430 mil investidores e sabemos exatamente o que queremos fazer. O governo é acionista majoritário e tem o direito de indicar a direção da Petrobras. Mas não acredito que haja mudanças estratégicas", afirmou Gros.Sem citar nenhum nome de candidato, Francisco Gros disse que "é importante marcar a diferença entre o discurso político para ganhar eleição e o outro depois de ser eleito". Ele acredita que a eleição do segundo turno não esteja definida e que é preciso ver primeiro os resultados para poder emitir alguma opinião sobre o futuro novo governo do Brasil. "Não estamos preocupados com o futuro, estamos confiantes de que o futuro será promissor."Indagado sobre a situação da Petrobras em caso de eventual moratória do Brasil, Francisco Gros foi contundente: "Não me preocupam estas previsões catastróficas para o Brasil, a América Latina e a Argentina. Não pensamos nem um minuto na possibilidade de não cumprir com a dívida." Ele considerou ainda que o momento é muito "oportuno para os empresários brasileiros que se interessem em investir na Argentina".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.