Reunião da Unasul procura definir medidas contra crise

O conselho de ministros de Economia e presidentes dos bancos centrais da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) se reúne hoje em Buenos Aires e tenta definir medidas coordenadas para enfrentar o impacto da crise internacional na região. Presidida pelo ministro argentino, Amado Boudou, esta será a segunda reunião do conselho. O ministro da Fazenda do Brasil, Guido Mantega, cancelou sua participação.

MARINA GUIMARÃES, CORRESPONDENTE, Agencia Estado

25 de novembro de 2011 | 10h03

Os grupos técnicos do conselho passaram os últimos dois dias redigindo os textos que serão entregues aos ministros, contendo recomendações de iniciativas concretas com vistas à constituição de um fundo regional de reservas internacionais, o aprofundamento do comércio regional e o estímulo ao uso de moedas locais nas transações comerciais.

Essas três propostas surgiram na primeira reunião do conselho, realizada em agosto, também em Buenos Aires. Na ocasião, foram criados três grupos de trabalho que, agora, apresentam os resultados.

Tudo o que sabemos sobre:
Unasulreuniãoeconomiacrise

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.