Adriano Machado / Reuters
Adriano Machado / Reuters

Reunião entre Poderes no Palácio da Alvorada foi excelente, afirma Guedes

Após encontro, ministro da Economia negou que as manifestações de domingo possam ter deteriorado a relação entre Executivo, Judiciário e Legislativo

Eduardo Rodrigues, O Estado de S.Paulo

28 de maio de 2019 | 09h44
Atualizado 28 de maio de 2019 | 12h42

BRASÍLIA - Após reunião no Palácio da Alvorada com os presidentes dos Três Poderes, o ministro da Economia, Paulo Guedes, negou nesta terça-feira, 28, que as manifestações realizadas no domingo possam ter deteriorado a relação entre Executivo, Judiciário e Legislativo.

"Foi um café da manhã excelente. Não há nenhum antagonismo entre os Poderes", disse Guedes ao retornar ao Ministério da Economia após a reunião. No encontro, estavam presentes o presidente Jair Bolsonaro, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli.

Segundo o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, os presidentes dos três Poderes da República assinarão um pacto com um conjunto de metas e ações possivelmente na semana do dia 10 de junho. 

Guedes também avaliou que as manifestações confirmaram a ideia de que a população defende mudanças como a reforma da Previdência. "Estamos confiantes de que Congresso vai aprovar a reforma", afirmou ele.

Após encontro, Guedes seguiu para o Palácio do Planalto onde participa de reunião de Bolsonaro com CNA, CNC, CNI, CNT, CNS, CNCON e CNAR. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.