Reunião nesta sexta definirá greves, diz Força Sindical

Reajuste para aposentados, transporte público de qualidade e investimentos em saúde e educação estão entre reivindicações

Ayr Aliski, da Agência Estado,

27 de junho de 2013 | 17h35

BRASÍLIA - A Força Sindical informa que reunirá nesta sexta-feira, 28, sindicatos de todo o País para definir os locais de greves e as manifestações do dia 11 de julho.

Em nota, a Força relata que a reunião começará às 9h30, no Auditório do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo, na capital paulista. A ideia é agregar "representantes de sindicatos de todo o Brasil para discutir como serão realizadas as manifestações e paralisações de suas categorias, em 11 de julho, data do Dia Nacional de Lutas com Greves e Manifestações", conforme cita o texto.

"Vamos definir como serão as manifestações pela retomada da luta pelo fim do fator previdenciário, 40 horas semanais, reajuste para os aposentados, transporte público de qualidade e mais investimentos para saúde e educação", afirma o presidente da Força Sindical, deputado federal Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força.

A nota menciona ainda que a "luta contra a inflação, que está corroendo os salários dos trabalhadores, também estará presente nos atos". O texto termina destacando que o Dia Nacional de Lutas será realizado pelas centrais sindicais juntamente com a União Nacional dos Estudantes (UNE) e o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Tudo o que sabemos sobre:
greveforça sindicalprotestos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.