Reunião no BC com grevistas termina em impasse

A reunião de negociação entre o diretor de Administração do Banco Central (BC), João Antônio Fleury Teixeira, e os representantes sindicais dos servidores do banco terminou em impasse. "Vamos propor a continuação da greve", disse hoje o diretor do Sindicato dos Servidores Públicos Federais (Sindsep), José Lourenço da Silva, antes do início de nova assembléia dos servidores do BC que acontece ainda hoje.No encontro, o governo ofereceu aos servidores do banco um aumento salarial de 6% em janeiro de 2006 e de 4% no primeiro mês de 2007. "Vamos rejeitar esta proposta na assembléia. Não temos como aceitá-la", disse o sindicalista.O servidores do banco reivindicam um aumento de 6,82% retroativo a setembro e mais 15% em janeiro do próximo. "Pela proposta apresentada, não teríamos nenhum aumento agora", disse. Os funcionários do BC estão em greve desde o dia 19 de setembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.