Reunião termina sem acordo e greve no INSS continua

Na reunião realizada no final da tarde de ontem no Ministério do Planejamento, em Brasília, entre servidores do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) e o governo, nenhum acordo foi firmado e a greve continua, entrando hoje no seu 72º dia. Os servidores do INSS reivindicam reajuste de 18% e gratificação de desempenho igual para os trabalhadores da ativa e para os aposentados. Os trabalhadores da Saúde e do Trabalho pedem aumento de 47,11%. Os grevistas dterão que compensar os dias de paralisação com trabalho nos finais de semana e desconto em folha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.