Revisão do PIB dos EUA mostra expansão menor, de 2,2%

A recuperação da economia dos Estados Unidos não foi tão forte quanto se acreditava anteriormente, informou o Departamento do Comércio na revisão final dos dados do Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre, divulgada hoje. O PIB dos EUA cresceu à taxa anualizada de 2,2% no terceiro trimestre, após contração de 0,7% no segundo trimestre. No mês passado, o Departamento do Comércio havia revisado o crescimento para 2,8%, de uma estimativa preliminar informada antes de expansão de 3,5%.

CYNTHIA DECLOEDT E MARCÍLIO SOUZA, Agencia Estado

22 de dezembro de 2009 | 11h54

A revisão final do PIB mostrou crescimento da economia americana no terceiro trimestre inferior à expectativa dos economistas, que era de expansão de 2,7%. O crescimento do terceiro trimestre foi o primeiro em mais de um ano e o maior em quase dois anos. Houve pequena revisão em baixa nos gastos trimestrais com consumo para alta de 2,8% no terceiro trimestre, de 2,9% na revisão anterior.

Os lucros das empresas, depois de impostos e sem avaliação de estoques e ajustes para o consumo de capital nos EUA, aumentaram 13,8% no terceiro trimestre deste ano, informou o Departamento de Comércio. O dado também é final. Os lucros incluindo avaliação de estoques e ajustes para o consumo de capital aumentaram 10,8%, a maior alta desde a registrada no primeiro trimestre de 2004. As companhias têm cortado seus custos eliminando empregos.

O índice de preços para gastos com consumo pessoal (PCE, na sigla em inglês) dos EUA subiu 2,6% no terceiro trimestre deste ano, de acordo com dados finais do PIB. A estimativa anterior era de alta de 2,7%. O núcleo do PCE, que exclui alimentos e energia, aumentou 1,2% no terceiro trimestre, também resultado de uma revisão em relação à alta de 1,3% divulgada antes. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
PIBEUArevisãorecuperação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.