Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Revisão do PIB mostra contração maior no Japão

A economia do Japão registrou contração mais intensa no terceiro trimestre do que o inicialmente estimado pelo governo do país, no mês passado, puxada pelo enfraquecimento maior que o esperado na atividade das empresas, na esteira de uma desaceleração nos investimentos de capital.Confirmando que a segunda maior economia do mundo entrou em recessão, o Produto Interno Bruto (PIB) caiu 0,5% no terceiro trimestre, ou 1,8%, em termos anualizados, segundo dados revisados pelo Escritório do Gabinete japonês. A queda marca o segundo trimestre consecutivo de contração econômica, confirmando que o Japão entrou em recessão.O resultado ficou abaixo da estimativa inicial feita há um mês de uma queda de 0,1% no terceiro trimestre, e foi pior que as previsões dos economistas, de um recuo de 0,2%.A contração destaca a extensão dos efeitos da crise financeira global sobre a economia do Japão durante os últimos meses. Se as empresas japonesas continuarem a reduzir investimentos e cortar a produção, o país pode mergulhar profundamente numa recessão.Isso pode levar o Banco do Japão (o banco central do país) a cortar a taxa básica de juros, atualmente em 0,3% ao ano, nos próximos meses, para evitar que a economia entre em queda livre. As informações são da Dow Jones.

CLARISSA MANGUEIRA, Agencia Estado

09 de dezembro de 2008 | 08h14

Tudo o que sabemos sobre:
JapãoPIB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.