Revista Estadão Investimentos ganha prêmio educacional

A revista Estadão Investimentos ganhou o 1º Prêmio Imprensa de Educação ao Investidor, organizado pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários) e pela BM&F (Bolsa de Mercadorias e Futuros). O prêmio, na categoria Mídia Impressa Rio/São Paulo, foi dado ao jornalista João Carlos de Oliveira, pela reportagem "Como achar seu tesouro na Bolsa", publicada em junho de 2006. Estadão Investimentos é uma publicação bimestral do Grupo Estado, dedicada a auxiliar a pessoa física em decisões relativas a finanças pessoais.?A escolha de um profissional da revista Estadão Investimentos mostra não só o esforço pessoal do jornalista João Carlos de Oliveira, mas de toda a equipe de profissionais que forma o Grupo Estado em produzir serviços e notícias de qualidade?, afirmou o presidente da BM&F, Manoel Felix Cintra Neto. O jornalista Marçal Alves Leite, do jornal gaúcho Zero Hora, ganhou o prêmio na categoria Mídia Impressa Nacional, com a reportagem "Antes cedo do que nunca".Ao entregar o prêmio, o presidente da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Marcelo Trindade, afirmou que a imprensa tem papel importante no desenvolvimento do mercado e na orientação das decisões de poupança dos investidores. ?É fundamental mostrar ao investidor que o governo está preocupado com sua educação. Temos que educar?, disse, ao tratar da importância da criação do prêmio.A premiação ocorreu nesta terça-feira, na BM&F. As reportagens vencedoras foram selecionadas pelo Comitê Consultivo de Educação da CVM, formado por nove instituições - Associação Brasileira das Companhias Abertas (Abrasca), Associação Nacional dos Bancos de Investimento (Anbid), Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais (Apimec), Associação Nacional das Instituições do Mercado Financeiro (Andima), Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), Comissão de Valores Mobiliários (CVM), Instituto Brasileiro de Relações com Investidores (IBRI) e Instituto Nacional de Investidores (INI).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.