Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Rhodia deve investir US$ 110 mi em 2001

A Rhodia alcançou em 2000 um faturamento da ordem de US$ 1,16 bi, um crescimento de 24% em relação ao ano anterior. O resultado operacional (antes de impostos, taxas e despesas financeiras) da empresa também cresceu 24%, saltando de US$ 137 mi em 1999 para US$ 170 mi no ano passado. As exportações da empresa subiram 40%, passando de US$ 104 mi para US$ 146 mi no mesmo período. Os investimentos previstos para 2001 são de US$ 110 mi, anunciou o seu presidente Walter Cirillo, também presidente da Rhodia América Latina.Cirillo atribuiu o crescimento a três fatores principais: a ampliação de market share em mercados importantes para a empresa e o lançamento de novos produtos, além da política de aquisições que incluiu a compra da Albright&Wilson, produtora mundial de fosfatos, e a Venesil - empresa venezuelana produtora de sílicas precipitadas -, um insumo importante para mercados como as indústrias de calçados, de pneus e de artefatos de borracha.Disse ainda que a performance positiva da Rhodia em 2000 está relacionada também à implantação de uma série de ações para aumentar a competitividade internacional da empresa, particularmente na região da América Latina. Do ponto de vista de resultados, a Rhodia teve no ano passado um desempenho melhor do que a economia da região, mesmo enfrentando uma forte concorrência internacional e a elevação de seus custos por conta do aumento do preço do petróleo. "Nossas equipes souberam como operar nesse ambiente mais competitivo. Melhoramos nossa performance e ganhamos mercados de nossos concorrentes, sobretudo os internacionais, como indicam as nossas vendas trimestre por trimestre e a curva de evolução das nossas exportações", explicou.A Rhodia mantém projeções otimistas para 2001 para seus negócios na América Latina, porque acredita na boa evolução das economias dos países da região, abrindo espaço para novas oportunidades, e devido à política de crescimento da empresa em segmentos de forte valor agregado. Do total do faturamento da empresa na América Latina no ano passado cerca de US$ 95 mi vieram de produtos novos. "Temos uma série de produtos novos que lançaremos em 2001, atendendo os clientes de todas as nossas atividades", concluiu o presidente da Rhodia América Latina.

Agencia Estado,

30 de janeiro de 2001 | 13h55

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.