Riachuelo revê encomendas de peças importadas por causa da alta do dólar

A rede de varejo Riachuelo já revê suas encomendas de peças importadas em razão da alta do dólar, afirmou o presidente da companhia, Flávio Rocha. De acordo com o executivo, a companhia deve utilizar maior volume de produtos nacionais na composição de sua coleção de primavera-verão. A Riachuelo hoje tem cerca de 30% do seu faturamento vindo da venda de importados. Rocha disse também que as manifestações que ocorrem no Brasil nos últimos dias tiveram efeito sobre as vendas da companhia. Em conversa com jornalistas em São Paulo, o executivo mencionou que nos dias manifestações em diversas capitais, as lojas operaram por menos tempo. /DAYANNE SOUSA

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.