Ricúpero pede financiamento e tecnologia

A falta de financiamento e de tecnologia pode impossibilitar o aumento das exportações dos países em desenvolvimento. Essa é a avaliação do secretário-geral da Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento e Comércio (Unctad), Rubens Ricúpero.Segundo o brasileiro, a rodada de negociações comerciais lançada pela Organização Mundial do Comércio (OMC), em novembro do ano passado, em Doha, inclui temas que poderão ajudar os países pobres a se beneficiarem do comércio internacional. Entre esses temas estão a liberalização agrícola e reformas nas regras comerciais.Mas Ricúpero alerta que se a questão do financiamento e da transferência de tecnologia não for solucionada, as conquistas de Doha simplesmente não trarão resultados.A idéia é de que, sem tecnologia, não exisitirá forma de desenvolver a competitividade dos produtos exportados pelas economias pobres. Em muitos casos, a falta de capital também impede que qualquer investimento na produção seja feita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.