Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Rio passa SP em crescimento do PIB regional em 2002

O Estado do Mato Grosso foi o que registrou o maior crescimento do PIB regional do País em 2002, com crescimento de 9,5% ante 2001, influenciado especialmente pela agropecuária, cujo PIB cresceu 17,7% no Estado. Os dados foram divulgados hoje nas Contas Regionais de 2002 do IBGE.O Estado de São Paulo registrou crescimento de 0,7% no período, resultado abaixo da média nacional (1,9%). O PIB per capita em São Paulo foi de R$ 11.353 em 2002, ocupando a terceira posição no ranking nacional e perdendo a posição de segundo lugar registrada em 2001 para o Rio de Janeiro.O gerente de contas regionais do IBGE, Frederico Cunha, explicou que o PIB per capita de São Paulo cresceu menos que o fluminense no período porque a taxa de crescimento da população paulista foi maior. Como O PIB per capita é calculado via divisão do PIB pela população, São Paulo saiu perdendo.Ele disse ainda que "a perda ocorreu por causa do baixo dinamismo de São Paulo durante as diversas crises econômicas após o ano de 1998, pelo fato de o Rio de Janeiro estar despontando como o maior produtor de petróleo no Brasil e, em relação ao denominador do PIB, a população do Rio crescer a uma taxa média menor que São Paulo".Em 2002, o PIB per capita paulista caiu 0,9% - o que Cunha considera "praticamente estável" no caso desse indicador - e o do Rio de Janeiro cresceu 3,2%. A economia de São Paulo como um todo cresceu apenas 0,7% no período, enquanto o do Rio aumentou 4,4%.

Agencia Estado,

07 de dezembro de 2004 | 11h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.