seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Rio sediará maior congresso da indústria petrolífera

O Rio de Janeiro sediará, em setembro, o maior congresso do setor de petróleo do mundo. O evento, chamado World Petroleum Congress (WPC - Congresso Mundial de Petróleo), terá a presença do presidente e do secretário-geral da Organização dos Países Produtores de Petróleo (Opep), Rilwanu Lukman e Alí Rodriquez, além de os principais executivos das maiores petroleiras internacionais, como Chevron Texaco, Repsol-YPF e a saudita Saudi Aramco.Durante cinco dias, o setor de petróleo vai discutir evoluções tecnológicas, políticas e a responsabilidade social das empresas. A organização do congresso, que será realizado paralelamente à feira Rio Oil and Gas, estima que três mil pessoas participem da WPC, que premiará empresas por inovações tecnológicas e por desempenho na área social.O presidente da Petrobras, Francisco Gros, calculou que o congresso criará 10 mil empregos temporários e trará cerca de US$ 13 milhões para o País. "Em uma conta preliminar, essa é a estimativa de gasto dos visitantes com hospedagem, alimentação e turismo", disse.A Petrobras é a maior patrocinadora do WPC, que custará US$ 7,5 milhões, segundo o presidente do comitê organizador, João Carlos de Luca - também presidente da Repsol-YPF no Brasil. O congresso já existe há 70 anos e tem 59 países-membros. A organização preparou pacotes turísticos e visitas a instalações de produção e refino de petróleo no Brasil, como o campo de Urucu, onde a Petrobras produz óleo e gás natural em meio à selva amazônica.

Agencia Estado,

27 de março de 2002 | 22h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.