Rio Tinto culpa Vale por minério em queda

O diretor da unidade de minério de ferro da Rio Tinto, Sam Walsh, afirmou que a Vale é a principal responsável pela queda recente dos preços do minério de ferro no mercado à vista (spot), porque enviou toneladas adicionais da matéria-prima à China, que eram destinadas originalmente à Europa. Segundo o executivo, a demanda subjacente chinesa de minério de ferro continua forte, apesar do abrandamento recente dos preços.

PERTH, AUSTRÁLIA, O Estado de S.Paulo

26 de outubro de 2011 | 03h07

Ele estava respondendo a uma pergunta, durante conferência no Estado Western Australia, na Austrália, sobre se o "contágio" da crise da dívida da Europa se espalhou para a China. Apesar de uma moderada desaceleração no crescimento econômico do país nos últimos meses, a demanda por minério de ferro continua forte, destacou o executivo.

Walsh afirmou que o preço do minério de ferro recuou para cerca de US$ 150 a tonelada nas últimas semanas, mas os preços continuam favoráveis para a maior parte das mineradoras. "Nós estaríamos pulando de alegria há um ano com esse valor de US$ 150 por tonelada", disse o executivo após um discurso. / DOW JONES NEWSWIRES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.