Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Rio Tinto descarta acordo logo para minério com China

O diretor executivo da Rio Tinto, Sam Walsh, disse ser improvável um acordo em breve entre as mineradoras e as siderúrgicas chinesas para o fechamento de preço para os contratos de minério de ferro este ano, reportou o jornal The Australian Financial Review. A Rio Tinto concluiu nesta semana um acordo para fornecimento de minério de ferro durante este ano às siderúrgicas japonesas Nippon Steel e JFE Holdings com desconto de até 44% sobre o preço praticado nos contratos do ano passado. Acordo semelhante foi fechado com a siderúrgica sul-coreana Posco. Mas as siderúrgicas chinesas querem corte maior.

CYNTHIA DECLOEDT, Agencia Estado

30 de maio de 2009 | 11h54

"Estas negociações vêm, na verdade, acontecendo por alguns meses, portanto, não necessariamente espero que haja um acordo em breve com a China", informou o jornal citando Walsh. "Certamente acreditamos, e nossos consumidores no Japão e na Coreia do Sul acreditam, que chegamos a um acordo que reconhece os fundamentos da oferta e da demanda", acrescentou.

Walsh afirmou que o acordo com a Nippon Steel foi realista, refletindo as condições atuais do mercado, e que deve desencadear acordos com outros clientes. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Austráliaminériopreços

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.