Rio Tinto diz que fatia da Chinalco respalda rejeição à BHP

A recente compra de uma fatia da RioTinto pela Chinalco reforça a rejeição da Rio Tinto a umaoferta hostil de aquisição feita pela BHP Billiton, recusadasob o argumento de que subvalorizava a empresa, afirmou nestaquarta-feira o presidente-executivo da Rio Tinto. "Eles (da Chinalco) gostam do nosso valor e eu acho queisso reforçou nosso argumento", afirmou Tom Albanese arepórteres, em Toronto, após discurso em uma conferência sobremineração. O grupo chinês de alumínio e a norte-americana Alcoasurpreenderam os mercados no mês passado ao comprarem umaparticipação de 12 por cento na Rio Tinto, embora o chairman daChinalco tenha dito que sua companhia não tem planos, nestemomento, de aumentar essa fatia. "O investimento da Chinalco na Rio Tinto não foi solicitadonem esperado", acrescentou Albanese. A BHP está oferecendo 3,4 de suas ações por cada papel daRio Tinto, uma oferta avaliada em 147,4 bilhões de dólaresquando foi formalmente concretizada em fevereiro. Mas a Rio, segunda maior mineradora do mundo, tem insistidoque a proposta de sua rival, de maior tamanho, é muito baixa. (Reportagem de Jonathan Spicer)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.