Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Rio Tinto faz oferta de US$ 38,1 bilhões pela Alcan

Grupo terá acesso a importantes reservas de bauxita e refinarias de alumínio

Carlos Mercuri, da Agência Estado

12 de julho de 2007 | 08h30

A anglo-australiana Rio Tinto apresentou nesta quinta-feira, 12, uma oferta de US$ 38,1 bilhões (US$ 101 por ação), em dinheiro, pela companhia canadense de alumínio Alcan, informou a mineradora em comunicado enviado à Bolsa de Londres.O valor por ação representa um prêmio 65% sobre o preço dos títulos da Alcan em 4 de maio, quando estava cotada a US$ 61,03 - antes de receber uma oferta hostil da norte-americana Alcoa.O conselho de administração da Alcan votou por unanimidade a favor da proposta da Rio Tinto, segunda maior mineradora do mundo. De acordo com o comunicado, combinado, o grupo terá acesso a importantes reservas de bauxita, refinarias de alumínio, energia hidrelétrica de baixo custo e última tecnologia em fundição.Se concluído o negócio, o grupo anglo-australiano espera atingir economias de US$ 600 milhões por ano com a remoção de sobreposições nas operações das companhias e através de economias administrativas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.