finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Rio Tinto vê oportunidade de cooperar com Chinalco

O executivo-chefe da Rio Tinto, Tom Albanese, declarou hoje que ainda vê oportunidades para a companhia cooperar com a Aluminum da China (Chinalco). O relacionamento da mineradora com a China tem estado sob pressão desde a sua desistência do plano de aliança de US$ 19,5 bilhões com a Chinalco no início do ano, e também após as autoridades chinesas terem detido quatro funcionários da Rio Tinto.

FABIANA HOLTZ, Agencia Estado

01 de novembro de 2009 | 21h10

Albanese enfatizou que as investigações sobre as acusações contra os empregados do grupo já foram estendidas por mais um mês e que a companhia respeita o sistema legal chinês. "Nós ainda não sabemos quais acusações serão apresentadas", disse o executivo. Albanese disse que a China é agora o maior cliente da Rio Tinto e um foco pessoal para ele no próximo ano será fortalecer o relacionamento da companhia com o país. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
mineraçãoRio TintoChinalco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.