Risco de novo racionamento é "zero", diz GCE

O governo considera que o risco de racionamento de energia é "zero" até o fim de 2003. A informação é da Câmara de Gestão da Crise de Energia Elétrica (GCE), que cita simulações feitas pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). Elas "indicam que está descartada a hipótese de ocorrência de racionamento de energia elétrica em 2002 e 2003". "Ou seja, mesmo que ocorra a pior seca dos últimos 70 anos, o risco de déficit de energia é zero", diz a nota.A previsão do ONS considera os atuais níveis dos reservatórios que abastecem as usinas hidrelétricas nas regiões Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste. Segundo a nota, em janeiro e fevereiro deste ano, os reservatórios do Sudeste e do Centro-Oeste subiram 30,5 pontos porcentuais, chegando a 62,95% da capacidade. No Nordeste, a elevação foi de 41,5 pontos porcentuais nestes dois meses, tendo alcançado 55,53% no dia 27 de fevereiro. As vazões afluentes nas regiões Sudeste e Centro-Oeste chegaram a 123% e, no Nordeste, a 95%. Previsões do ONS indicam que os reservatórios podem atingir 70% da capacidade no fim de março. Esse volume de água armazenada representa 112 mil megawatts (MW) médios no Sudeste e no Centro-Oeste, e 35 mil MW médios no Nordeste.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.