Risco País cai pela primeira vez na semana

Depois da forte queda na parte da manhã, o mercado de títulos da dívida externa deu o tom da recuperação para vários ativos brasileiros nesta sexta-feira, marcada por forte oscilação. O risco País ? ataxa que mede a confiança dos investidores estrangeiros na capacidade de pagamento da dívida do Brasil ? terminou em baixa pela primeira vez na semana, fechando em 579 pontos-base, com queda de 14 pontos. A taxa oscilou entre a mínima de 574 e a máxima de 628 pontos-base. Foi a primeira vez que o risco superou 600 pontos desde outubro passado. A oscilação do índice refletiu o desempenho de alguns papéis da dívida que compõem seu cálculo. O Global 40 terminou em 103,250 centavos por dólar, com alta de 0,24%. Entre a máxima de 104,20 centavos por dólar e a mínima de 99,90 centavos por dólar, o papel oscilou em alta de 1,16% e em queda de 3,00% em relação ao fechamento de quinta-feira. O C-Bond, outro título da dívida brasileira negociado no exterior, fechou na máxima do dia, negociado em 94,750 centavos por dólar, com alta de 1,07%. Na mínima, o papel bateu em 91,625 centavos de dólar. Veja mais informações sobre o mercado financeiro hoje no link abaixo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.