Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Riscos à inflação estão mais equilibrados, diz Trichet

Segundo presidente do BC Europeu, declínio de commodities podem colocar pressão de queda sobre os preços

Nathália Ferreira, da Agência Estado,

08 de dezembro de 2008 | 17h35

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, repetiu nesta segunda-feira, 8, que os riscos à perspectiva de inflação na zona do euro estão mais equilibrados que no passado. "Mais declínios inesperados nos preços de commodities podem colocar pressão de queda na inflação, enquanto riscos de alta à estabilidade de preços podem se materializar se a queda nas commodities se reverter ou se a pressão dos preços domésticos se mostrar mais forte que o esperado", disse ele, em depoimento ao comitê de relações econômicas e monetárias do parlamento europeu.   Veja também: Desemprego, a terceira fase da crise financeira global Dicionário da crise  Lições de 29 Como o mundo reage à crise    Na quinta-feira passada, o BCE cortou a taxa básica de juro em 0,75 ponto porcentual, para 2,50%. Com essa decisão, o BCE já cortou o juro em um total de 1,75 ponto porcentual desde outubro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.