Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Riscos de baixa para economia mundial se acumulam, alerta Lagarde

Diretora-gerente do FMI diz que notícias negativas criam crise de confiança nos mercados do mundo inteiro

Renan Carreira, da Agência Estado,

23 de setembro de 2011 | 13h49

Os riscos de baixa para a economia global estão se acumulando, criando uma crise de confiança nos mercados no mundo inteiro, alertou nesta sexta-feira, 23, a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, na abertura formal das reuniões anuais do FMI.

"As notícias ruins são que há riscos de baixa (para a economia) no horizonte, e eles estão se acumulando", disse Lagarde para ministros das Finanças e representantes dos bancos centrais na sessão plenária do FMI. "Elas (as notícias) são impulsionadas por um círculo vicioso negativo - entre um frágil crescimento; balanços orçamentários ruins entre governos, bancos e consumidores; e um comprometimento político ineficiente". A diretora-gerente do FMI afirmou que esse círculo vicioso criou a crise de confiança.

Os mercados despencaram nos últimos dias em meio a crescentes temores de uma segunda recessão e um colapso financeiro global. Na noite de ontem, o Grupo dos 20 (G-20) emitiu uma declaração prometendo tomar duras medidas para manter a estabilidade financeira e recuperar o crescimento.

Lagarde

disse que o FMI precisa reconsiderar a habilidade do fundo para realizar empréstimos. "Nós esperamos discutir com nossos membros sobre como nós podemos ajudar a fortalecer nossos empréstimos e nossa rede de segurança financeira global." As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
LagardeFMIcriseEuropa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.