Ritmo de crescimento dos Estados Unidos desacelera

O ritmo de crescimento da economia norte-americana desacelerou no segundo trimestre do ano, tomando como base o período imediatamente anterior. Segundo divulgou nesta sexta-feira o Departamento de Comércio, a expansão foi de 2,5% - quase a metade do alcançado nos três meses anteriores. O resultado surpreendeu analistas, que tinham calculado que o aumento dos preços da energia e a hesitação dos consumidores diminuiriam o ritmo de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 5,6% para 3,1%.O ritmo de crescimento da despesa dos consumidores, que nos EUA representa quase 70% do PIB, se desacelerou durante o segundo trimestre em relação ao anterior, passando de 4,8% em janeiro-março a 2,5%. Nos últimos 30 anos, de acordo com os números do governo, a despesa dos consumidores teve um crescimento trimestral médio de 3,4%.O índice de preços em despesas pessoais, que no primeiro trimestre tinha sido de 2%, aumentou a 4,1% no segundo trimestre.O Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) presta muita atenção ao núcleo desse indicador, que exclui os preços mais voláteis de alimentos e combustíveis.O núcleo do índice de preços em despesas pessoais, que entre janeiro e março tinha subido a um ritmo anual de 2,1%, aumentou a um ritmo de 2,9% entre abril e junho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.