Rival da Vale foca crescimento em minério de ferro

Concorrente direta da Vale, a anglo-australiana Rio Tinto é a segunda maior mineradora de ferro do mundo - a companhia brasileira é a primeira do ranking. Como todas as empresas do setor, vem sofrendo com a queda na demanda mundial por commodities. Planeja cortar US$ 7 bilhões nos próximos dois anos, por meio de economia de custos, revisão de projetos e da venda ou desativação de alguns ativos, como minas de carvão da Austrália. Apesar disso, foi uma das poucas produtoras globais a anunciar que pretende preservar os investimentos em minério de ferro. A intenção é investir US$ 21 bilhões para aumentar a capacidade de produção.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.