finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

RJ também sediará manifestação contra regras de tributação

Dois dias depois do megaprotesto contra a Medida Provisória 232, que reuniu 1.111 associações em São Paulo, será a vez do Rio sediar amanhã manifestação contra a MP, em evento promovido pela Associação Comercial e pela Assembléia Legislativa estadual, o "Reage Brasil". As adesões ao protesto estão sendo efetivadas pela Internet, dentro da campanha que foi batizada como Frente Nacional contra a MP 232.Ex-ministro da Economia e presidente da Associação Comercial do Rio, Marcílio Marques Moreira, criticou duramente a medida provisória, que estabelece aumento na carga tributária de empresas, principalmente do setor de serviços e de agronegócios.Ele observou que a edição da MP no último dia útil de 2004, em caráter de urgência, mostrou que o governo não estava interessado em discutir com a sociedade. "Por que editar uma medida importante como esta no último dia do ano, quando havia 364 outros dias para fazê-lo?", indagou. Ele anunciou que a Associação fluminense participará amanhã de manifestação contra a MP em frente ao Congresso Nacional, em Brasília.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.