finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Rombo do INSS deve crescer R$ 1,1 bilhão

Uma eventual vitória do governo na discussão sobre o aumento do salário mínimo, no Senado, representará "economia" de R$ 6,44 bilhões para a Previdência Social em 2011. Mesmo assim, o reajuste é responsável pela elevação da estimativa do rombo do INSS, de R$ 41, 3 bilhões para R$ 42,4 bilhões este ano, feita pelo secretário de Políticas de Previdência Social, Leonardo Rolim.

, O Estado de S.Paulo

23 de fevereiro de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.