Rosengren, do Fed, diz que recessão nos EUA não é inevitável

A economia dos EstadosUnidos se encaminha para pelo menos mais alguns trimestres defraco crescimento, mas uma recessão não é inevitável, dissenesta quinta-feira o presidente do Federal Reserve de Boston,Eric Rosengren. "Eu certamente acho que é possível" que os Estados Unidosdesviem de uma recessão, apesar da crise imobiliária e dosfracos gastos dos consumidores, disse Rosengren em resposta aperguntas de repórteres. A combinação de cortes agressivos dos juros pelo Fed com opacote de estímulo fiscal deve ajudar a economia a estabilizarao longo do tempo, disse Rosengren."É muito cedo para dizercomo a economia vai evoluir", acrescentou. Rosengren afirmou que o primeiro trimestre de 2008 deve tercrescimento abaixo de 1 por cento, após expansão de 0,6 porcento no quarto trimestre de 2007. "As pessoas estão começando a reduzir suas previsões para osegundo trimestre também", disse, acrescentando que muitosanalistas esperam mais força à medida que o ano se encerre. Rosengren é tido como um dos membros mais expansionistas doFed, mas não é membro votante do Comitê Federal de MercadoAberto (Fomc) neste ano. (Reportagem de Svea Herbst-Bayliss)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.