Rosinha antecipa reajuste do salário mínimo

A governadora do Rio de Janeiro, Rosinha Matheus, anunciou, na manhã de hoje, que vai antecipar para o dia 1º de janeiro o reajuste do salário mínimo regional. Se a proposta enviada à Assembléia Legislativa do Rio for aprovado, o piso salarial no Estado do Rio de Janeiro passa de R$ 290 para R$ 310, na faixa que beneficia os trabalhadores do setor agrícola. A faixa 2, formada por domésticas serventes e auxiliares de serviços gerais, passa de R$ 305 para R$ 326. A faixa mais alta, que abrange secretários, telefonistas, metalúrgicos e operadores de telemarketing, sobe de R$ 349 para R$ 373. A governadora explicou que o reajuste de 7% foi negociado entre empresários e representantes dos trabalhadores. Ela disse ainda que a antecipação do reajuste de maio para janeiro representará um ganho de 33% para os assalariados. "Continuaremos tendo o maior piso salarial do Brasil", disse Rosinha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.