coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

RS tem a capital com cesta básica mais cara do País

A cidade de Porto Alegre manteve, em setembro, pelo sétimo mês consecutivo, o posto de capital brasileira com a cesta básica mais cara do Brasil. Conforme levantamento nacional realizado em 16 capitais pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), a capital gaúcha liderou o ranking, mesmo depois de apresentar a menor variação (0,19%) entre as localidades que tiveram elevação no preço médio da cesta.No mês passado, o preço da cesta em Porto Alegre atingiu R$ 206,78, muito acima do preço observado na segunda capital mais cara, São Paulo, onde o conjunto de produtos alimentícios essenciais custou, em média, R$ 194,34. Na seqüência, com valores ainda acima de R$ 180, ficaram a cidade do Rio de Janeiro (R$ 187,95), Florianópolis (R$ 184,95) e Belo Horizonte (R$ 180,57).Acima de R$ 170 ficaram as cestas das cidades de Vitória (R$ 179,95), Curitiba (R$ 176,62) e Brasília (R$ 176,57). João Pessoa (R$ 144,64), Recife (R$ 145,15), Fortaleza (R$ 147,75) e Salvador (R$ 148,06) foram as capitais com as cestas básicas mais baratas do País em setembro.

FLAVIO LEONEL, Agencia Estado

04 de outubro de 2007 | 14h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.