RS vai receber 30% dos investimentos da Eletrosul

O Rio Grande do Sul receberá 30% do total de recursos que serão investidos pela Eletrosul neste ano. No Estado, a companhia vai colocar em operação, no dia 30 de novembro, o segundo banco de transformadores de potência da subestação de Santo Ângelo.A unidade opera com um banco de 672 Mva (Megavolt-ampère), que trabalha com utilização da capacidade entre 500 e 600 Mva, disse o gerente regional de transmissão da Eletrosul no Estado, Jorge Paglioli Jobim. Com a ampliação, além de atender com maior confiabilidade a demanda na região noroeste do Rio Grande do Sul, que surpreendeu ao utilizar a maior parte da disponibilidade existente, haverá maior flexibilidade operacional, explicou Jobim.A taxa de operação da subestação requer manutenção mais constante, que se torna mais fácil com a existência do segundo banco de transformadores. A Eletrosul opera três subestações denominadas de extra-alta tensão no Estado: Gravataí, Caxias do Sul e Santo Ângelo.Além do Rio Grande do Sul, a Eletrosul fornece energia para Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul. Seu sistema conta com 8.922 quilômetros de linhas de transmissão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.