Ruarte elogia informações repassadas pelo Brasil ao FMI

O chefe da missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) que se encontra em Brasília, Jorge Marquez-Ruarte, afirmou hoje que as informações econômicas repassadas, nos últimos dias, pelo governo brasileiro ao Fundo são "muito boas e suficientes". Ruarte, que chegou no início da tarde ao Banco Central para um encontro com o presidente da instituição, Henrique Meirelles, evitou, mais uma vez, comentar o relatório divulgado ontem, em Washington, com críticas à gestão da política econômica do governo Fernando Henrique Cardoso e a avaliação de que o FMI cometeu erros em relação ao Brasil. "Sobre isso não tenho comentários", disse Ruarte. "É um documento feito por um escritório independente", observou, referindo-se ao fato de que o documento foi elaborado pelo Escritório de Avaliação Independente (IEO, Independente Evaluation Office). Ruarte não quis, tampouco, comentar declarações feitas hoje pelo ministro da Previdência, Ricardo Berzoini, de que o FMI tem que parar de dar opiniões sobre o Brasil.

Agencia Estado,

29 Julho 2003 | 16h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.