Ruckauf reafirma compromisso com o Mercosul

O chanceler da Argentina, Carlos Ruckauf, renovou o compromisso do governo de seu país, de aprofundar a integração do Mercosul, Chile e Bolívia. Esse compromisso consta de uma declaração conjunta firmada ao final da reunião de ministros das Relações Exteriores desses mesmos países, em Buenos Aires. De acordo com o texto, Ruckauf declarou que "o Mercosul é uma política de Estado de máxima prioridade para o governo argentino" e que em breve "poderão ser vistos os resultados concretos desse compromisso". Na manhã de hoje, os chanceleres dos países vizinhos da Argentina tiveram uma reunião com o presidente, Eduardo Duhalde, para manifestar o apoio de seus governos às medidas econômicas adotadas. Os chanceleres encerraram uma reunião reservada e deverão seguir dentro de alguns minutos para um almoço. O texto da declaração afirma que o Mercosul está disposto a levar adiante as negociações sobre coordenação macroeconômica do bloco, com a finalidade de garantir a estabilidade econômica e financeira da região. A declaração ainda afirma que os seis países se comprometem a eliminar as medidaa restritivas adotadas ao comércio, sem mencionar diretamente as iniciativas tomadas pela Argentina, no ano passado, que resultaram em entraves para o comércio entre os sócios. Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.