Ruckauf vai aos EUA para responder às perguntas de O´Neil

O chanceler argentino Carlos Ruckauf deverá estar em Washington, neste ínicio de semana. Ele terá um encontro, na terça-feira, entre outros, com o secretário do Tesouro americano Paul O´Neil, que fez um questionário de sete perguntas sobre os planos econômicos que deverão retirar a Argentina do atual momento de crise. As perguntas foram enviadas ao chanceler Ruckauf e ele se preocupou em responder uma a uma e se preparar para o encontro com o O´Neil considerado chave para a sorte do governo, como disse hoje o jornal Clarin, de Buenos Aires. Salientou ainda que do apoio político dos Estados Unidos dependerá dos novos acordos com organismos internacionais de crédito, como FMI, Banco Mundial e outros.As respostas de Ruckauf serão precisas, com algum detalhamento sobre o plano. A idéia é que não restem dúvidas sobre a vontade política da Argentina em encontrar um caminho para a saida da crise que vive hoje, explicou uma fonte em Buenos Aires. Entre as questões está a da pesificação da economia da Argentina. Os americanos querem saber detalhes de como isto ocorrerá.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.