Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Rumores de compra da Telemig pela Vivo fazem ações disparar

Enquanto a Bovespa caiu 1,8%, papéis das empresas subiram até 4,29%

Nilson Brandão Junior e Michelly Teixeira, O Estadao de S.Paulo

07 de julho de 2028 | 00h00

As ações da Vivo e da Telemig fecharam em forte alta ontem, com variações bem acima da média, por conta de rumores de que a operadora mineira havia sido comprada pela empresa de celular controlada pela Telefonica e a Portugal Telecom (PT). No mesmo dia, a Vivo confirmou interesse no ativo, mas negou a conclusão do negócio.Num dia em que o Ibovespa caiu 1,8%, as ações preferenciais da Vivo avançaram 3,59% e as ordinárias, 0,29%. As preferenciais da Telemig encerraram o dia com valorização de 2,98% e as ordinárias, de 4,29%. Para analistas, os rumores motivaram a alta dos papéis. Segundo notícia publicada ontem pela Gazeta Mercantil, a Vivo teria acertado a compra da Telemig e da Amazônia Celular, que estão sendo vendidas juntas.Depois de terem sido suspensos na parte da manhã, os negócios com as ações da Telemig e da Amazônia Celular foram reabertos por volta das 13 horas. Pouco antes, a Vivo enviou comunicado à Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). A controladora das duas operadoras à venda também enviou nota esclarecendo que o processo de venda ainda estava em curso.Na nota, o presidente da Vivo, Roberto Lima, confirma que a operadora tem interesse nos dois ativos, já admitido na semana passada, durante divulgação dos resultados da empresa. Segundo o comunicado, o processo de venda está em curso e informa que, "caso tal processo resulte na venda do controle das referidas sociedades para a Vivo Participações, serão prestadas as informações pertinentes, nos termos da lei".A Telpart, controladora da Telemig e Amazônia Celular, também divulgou nota informando que "está promovendo um processo competitivo amplamente divulgado para avaliar oportunidades de desinvestimento relacionado às suas controladas Telemig Celular Participações S/A e Tele Norte Celular Participações S/A ("Controladas"). Além disso, a nota informa que o processo não foi concluído.Na prática, a avaliação do mercado é de que a Telemig é crucial para expansão da Vivo, já que ela não opera em Minas Gerais. A empresa informou esta semana que, independentemente do resultado da venda da Telemig, pretende participar dos leilões de sobra de freqüência em Minas Gerais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.