Rumores de que Fed cortará os juros hoje ganham força

Após o tombo generalizado das bolsas globais ontem e novamente na madrugada de hoje, voltaram a ganhar força os rumores de que o Federal Reserve (Fed, o BC dos EUA) irá anunciar um corte da taxa dos juros hoje, uma semana antes da sua reunião. Operadores citaram também a especulação de que alguns bancos centrais poderiam anunciar hoje uma medida coordenada de reduzir os juros de forma emergencial, entre eles o Banco Central Europeu (BCE) e o Banco da Inglaterra (BoE), além do Fed.Segundo Paul Mortimer-Lee, chefe de pesquisa de mercado do BNP Paribas, é possível que o Fed reduza os juros hoje, "e se as ações nos EUA amplificarem o movimento global desta semana, é provável que eles o farão". "No final das contas, o que importa ao Fed é evitar estrago para a economia e aos mercados, então se a bolsa despencar, eles seriam insensatos em esperar, e com todas as chances eles não vão esperar", afirmou Mortimer-Lee.Para o Commerzbank, se o Fed decidir se antecipar à reunião da semana que vem e baixar os juros hoje, a medida deve ser anunciada entre 10 e 11 horas (de Brasília). O banco alemão avalia em 50% as chances de o BC norte-americano realmente cortar os juros hoje, mas acredita que é menos provável que o BCE imite os passos do Fed. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.