Ruralistas argentinos fazem quinto locaute

As quatro maiores associações ruralistas do país - a Sociedade Rural, a Confederações Rurais Argentinas, a Federação Agrária e a Confederação Intercooperativa Agropecuária - iniciaram ontem o quinto locaute agrário dos últimos onze meses contra o governo da presidente Cristina Kirchner. Os ruralistas, que pedem eliminação de impostos e ajuda financeira, paralisarão o comércio de cereais, oleaginosas e gado até terça-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.