Ruralistas fecham duas estradas no oeste baiano

Produtores rurais do oeste baiano, maior pólo agrícola do Nordeste, voltaram a bloquear nesta terça-feira as duas principais estradas da região, a BR-242 e a BR-020, que ligam os municípios de Barreiras e Luiz Eduardo Magalhães aos estados de Tocantins, Goiás e Brasília. Dezenas de carretas e caminhões foram colocados nas pistas desde as 7 horas da manhã, interditando todo o tráfego nos dois sentidos. Os manifestantes só permitem a passagem de ambulâncias.Há 13 dias os agricultores protestam contra a política econômica do governo federal, de juros altos e dólar baixo. O resultado para o campo são prejuízos na lavoura de soja da região, que aliados a uma quebra de 30% da última safra causaram perdas de R$ 400 milhões aos produtores. A precariedade das estradas fez ainda o frete aumentar, acrescentando mais R$ 140 milhões na conta dos ruralistas. O grupo também reivindica o refinanciamento das dívidas e obras de infra-estrutura para o escoamento da produção. Os manifestantes acompanham as negociações entre representantes da categoria e o ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues. Eles ainda não anunciaram um prazo para a liberação das estradas.

Agencia Estado,

16 de maio de 2006 | 15h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.