Ruralistas querem novo item sobre juros na MP da dívida

Numa das últimas cartadas antes da publicação da medida provisória (MP) do endividamento rural, parlamentares ruralistas querem incluir na proposta que deve ser oficializada nos próximos dias a redução dos juros das dívidas de custeio e investimento que já foram renegociadas no passado. O deputado Luis Carlos Heinze (PP-RS) explicou que, no passado, alguns bancos aceitaram renegociar essas dívidas, desde que os produtores aceitassem pagar taxa de juros livres, que chegam a 17% ao ano. A proposta dos parlamentares é que as dívidas de custeio voltem a ser consideradas como "crédito rural", o que significa, na prática, redução do juro para 6,75% ao ano. Ontem, o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, disse que a questão do endividamento será resolvida nesta semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.