Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Rússia apóia Brasil contra o embargo europeu à carne

Principal comprador individual de carnes do Brasil, a Rússia deu ontem, primeiro dia da visita de veterinários europeus ao País, apoio às negociações conduzidas pelas autoridades brasileiras para reabertura do mercado da União Européia (UE) ao produto nacional.Após reunir-se com o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, o chefe do Serviço Veterinário e Fitossanitário da Rússia, Sergei Dankvert, disse que a carne brasileira é de qualidade e defendeu transparência nas negociações comerciais. Segundo Dankvert, todos os países têm problemas, e o Brasil não é exceção. ?Os problemas precisam ser solucionados e não podemos escondê-los?, disse Dankvert, ao lado do ministro brasileiro.Contrastando com as dificuldades que o Brasil enfrenta com a UE, Dankvert e Stephanes confirmaram que mais 40 frigoríficos brasileiros serão habilitados a vender carne para a Rússia. A área habilitada foi ampliada para 16 Estados. O russo elogiou a disposição do governo brasileiro em organizar as missões técnicas. ?Não conseguiríamos organizar uma missão como essa na UE.? Dankvert afirmou que seu país nunca tratou os problemas comerciais com o Brasil do ponto de vista político. ?Os russos são muito exigentes em termos sanitários, mas não impõem barreiras por questões comerciais?, comentou Stephanes. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE, Agencia Estado

26 de fevereiro de 2008 | 09h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.