finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Rússia: BC reduz intervenção diária no câmbio

O Banco Central da Rússia deu um passo hoje na direção de uma taxa de câmbio totalmente flutuante do rublo ao cortar sua meta de intervenção diária no câmbio de US$ 120 milhões para US$ 60 milhões.

AE, Agencia Estado

21 de outubro de 2013 | 17h25

Em comunicado, o BC russo informou que o ajuste é para "garantir um aumento adicional na flexibilidade da taxa de câmbio do rublo no contexto da transição em curso para um regime de câmbio flutuante até 2015". O BC russo acrescentou que isso reduziria a presença do banco central no mercado cambial e aumentaria a eficácia da política de juros.

O BC da Rússia mantém o rublo dentro uma banda flutuante em relação a uma cesta de moedas, que se movimenta cinco kopecks para cima ou para baixo se montante de compras ou vendas acumuladas de moedas estrangeiras superar US$ 400 milhões. A meta diária é um parâmetro técnico, que estabelece um limite para a intervenção média diária. Fonte: Dow Jones Newswires.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.