Rússia confirma suspensão de embargo ao Rio Grande do Sul

O Ministério da Agricultura informou nesta segunda-feira ter recebido comunicado oficial do Serviço Federal de Supervisão Veterinária e Fitossanitária da Rússia, que confirma a suspensão das restrições à importação de aves vivas, ovos para incubação, carne de aves e todos os demais produtos da avicultura que não passaram por tratamento térmico, procedentes do Estado do Rio Grande do Sul. A importação desses produtos estava suspensa desde julho de 2006, em decorrência da descoberta de focos da Doença de Newcastle naquele Estado. O documento, datado de 26 de fevereiro, é retroativo para efeitos de exportações a partir daquela data.O comunicado informa que a liberação foi decidida em decorrência de medidas tomadas no Brasil para a liquidação da profilaxia da doença, bem como de garantias do serviço veterinário brasileiro para prevenir a propagação do agente desta enfermidade. As informações são da assessoria de imprensa do Ministério da Agricultura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.