Rússia diz que EUA relaxarão restrições ao aço

A Rússia e os EUA em breve assinarão vários acordos que atenuarão os efeitos da recente sobretaxa imposta pelos EUA às importações de aço russo, disse o primeiro-ministro Mikhail Kasyanov. O ministro, que discursou em visita a fazendas na região de Volgogrado, disse que as autoridades norte-americanas aceitaram abrandar as tarifas de importação sobre o laminado a frio e arame da Rússia, mas não deu maiores detalhes. Kasyanov disse que as relações entre seu país e os EUA são boas. Entretanto, a Rússia ainda considera as tarifas injustas, acrescentou. O ministro novamente reiterou que não existe qualquer conexão entre as tarifas impostas pelos EUA sobre a importação de aço russo e a recente proibição do governo russo sobre a importação de aves americanas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.